Sábado, 15 de Dezembro de 2007

Requerimento. Imperdível...

Requerimento

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses

Joaquim Manuel Coutinho Ribeiro, eleitor nº 6 da freguesia de Soalhães, vem
expor e requerer a V. Excia o seguinte:

1. Na reunião da Assembleia Municipal do passado dia 29, ouvi V. afirmar
que, a partir desta semana, iria passar a dispor de um Audi a6.

2. E percebi, das suas palavras, que não se tratava de um acto de vaidade
pessoal, mas uma forma de melhorar a imagem do município, pois que a viatura
estaria ao serviço do município e não do seu presidente.

3. Reflectindo sobre o assunto, lembrei-me de que o Audi do município poderá
resolver-me um problema logístico que tenho em mãos.

4. No próximo dia 13, é o casamento da minha prima Ester (jovem médica) com
o David (jovem médico).

5. Pediu-me a minha prima que a transportasse à Igreja, ao que eu anuí.

6. Lembrei-me, depois, que o meu carro só tem duas portas o que,
convenhámos, não é muito operacional para o efeito, sobretudo para entradas
e saídas, já que o vestido poderá ficar agarrado e eventualmente rasgar-se.

7. Foi desta forma que me lembrei que, sendo eu munícipe do Marco, e estando
o Audi ao serviço do município, seria um acto da maior justiça que eu
pudesse transportar a minha prima ao casamento no A6.

8. Ainda pensei que talvez pudesse requerer a utilização do jeep Toyota, mas
temo que os convidados possam gozar a noiva por se deslocar em em tal
veículo.

9. Opto, pois, pelo Audi, com a promessa de que o entregarei lavado e com o
combustível reposto.

10. Dispenso o motorista.

Face ao exposto, requeiro a V. Excia se digne emprestar o A6 para utilização
deste modesto munícipe no próximo dia 13, durante todo o dia.

Pede deferimento

Joaquim Manuel Coutinho Ribeiro

 

Se todos fossemos assim alguma coisa havia de mudar!


Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Um molho de feno - para reflectir

No Curso de Medicina, o professor dirige-se ao aluno e pergunta:
Quantos rins nós temos?
Quatro! Responde o aluno.
Quatro? - Replica o professor, arrogante, daqueles que têm prazer em gozar sobre os erros dos alunos.
Traga um molho de feno, pois temos um asno na sala - ordena o professor ao seu auxiliar.
E para mim um cafézinho! - Replicou o aluno ao auxiliar do mestre.
O professor ficou irado e expulsou o aluno da sala. O aluno era, o humorista Aparício Torelly Aporelly (1895-1971), mais conhecido como o 'Barão de Itararé'.
Ao sair da sala, o aluno ainda teve a audácia de corrigir o furioso mestre:
O senhor perguntou-me quantos rins "nós temos".

"Nós" temos quatro: dois meus e dois seus. Tenha um bom apetite e delicie-se com o feno.


A vida exige muito mais compreensão do que conhecimento!
Às vezes as pessoas, por terem mais um pouco de conhecimento ou acreditarem que o têm, acham-se no direito de subestimar os outros...
E haja feno!

sinto-me:

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

Agenda da semana

Agenda semanal...

 

 

 

 

 


Segunda


Terça


Quarta


Quinta


Sexta


Sábado


Domingo


E ainda se admiram porque toda a gente prefere o fim de semana ...

 

 

 

 

 

 

 



--

sinto-me: Bom fim de semana

Domingo, 25 de Novembro de 2007

Anatomia Feminina

 


sinto-me:

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

REMEDIO PARA TOSSE

Ora bem, deve ser treta mas não custa experimentar...
 
 

 
Vem aí o Inverno – Preparemo-nos


Isto é uma notícia verdadeiramente interessante


Experimente esse remédio.
Ele funciona 100% das vezes apesar dos cientistas no Conselho de Pesquisa em Canadá (que o descobriram) não terem certeza por quê.

Para parar uma tosse noturna em uma criança (ou adulto como nós mesmos descobrimos), coloque Vick Vaporoub generosamente na sola dos pés na hora de dormir, depois cubra com meias. Mesmo uma tosse profunda, pesada,

persistente, cessará dentro de cerca de 5 minutos e continuará parada por muitas e muitas horas de alívio.

Funciona 100% das vezes e é mais eficaz em crianças do que até uma forte prescrição de remédios contra tosse. Além disto, é extremamente suavizante e confortante e as crianças dormirão profundamente.


Uma amiga adulta experimentou nela mesma quando algumas semanas atrás teve uma tosse profunda, constante e persistente e funcionou 100%!  Ela disse que a sensação era como se um cobertor quentinho a cobrisse, a tosse parou em alguns minutos e acredite, isto foi uma tosse profunda (incrivelmente irritante!) a intervalos de segundos e incontrolável, e ela dormiu sem tosse durante horas cada noite que o usou.

Então, se você tiver filhos/netos, passe isto em diante. Se você ficar doente, experimente em você mesmo e você ficará absolutamente surpreso
.

sinto-me: Curiosa

Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

José Sócrates

O Primeiro-ministro, Jose Socrates, esta andando tranquilamente quando e atropelado por um condutor das corridas da Ponte Vasco da Gama e Morre ali na hora.·
A alma dele chega ao Paraiso e da de caras com Sao Pedro na entrada.
-"Bem-vindo ao Paraiso!"; diz Sao Pedro.

 

-"Antes que você entre, ha um problemazito...·
Raramente vemos Politicos por aqui, entao nao sabemos bem
o que fazer com voce.·
 - "Não vejo problema nenhum, basta deixar-me entrar", diz o antigo Primeiro Ministro Jose Socrates·
"Eu bem que gostaria de o deixar entrar senhor Engenheiro, mas tenho ordens superiores Sabe como e Vamos fazer o seguinte:·
O Senhor passa um dia no Inferno e um dia no Paraiso. Depois pode escolher onde quer passar a eternidade.·
-"Não e necessario, ja resolvi. Quero ficar no Paraiso diz o Primeiro-ministro
 - "Desculpe, mas temos as nossas regras. "·
Assim, Sao Pedro acompanha-o ate o elevador e ele desce, desce,
desce ate o Inferno.·
A porta abre-se e ele ve-se no meio de um lindo campo de golfe.
Ao fundo o clube onde estao todos os seus amigos e outros políticos com os quais havia trabalhado.·
Todos muito felizes em traje social.

Ele e cumprimentado, abracado e eles comecam a falar sobre os bons tempos em que ficaram ricos as custas do povo.
Jogam uma partida descontraida e depois comem lagosta e caviar.
Quem tambem esta presente e o diabo, um tipo muito amigavel que passa o tempo todo dancando e contando piadas .·
Eles divertem-se tanto que, antes que ele perceba, ja e hora de irembora.·
Todos se despedem dele com abraxos e acenam enquanto o elevadorsobe.·
Ele sobe, sobe, sobe e a porta abre-se outra vez. Sao Pedro esta a espera dele.·
Agora e a vez de visitar o Paraiso.
Ele passa 24 horas no paraiso, junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando.·
Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia chega ao fim e São Pedro retorna.·
-" E entao??? Voce passou um dia no Inferno e um dia no Paraiso.
Agora escolha a sua casa eterna." Ele pensa um minuto e responde:·
-"Olha, eu nunca pensei... vir a tomar esta decisao O Paraiso e muito bom, mas eu acho que vou ficar muito melhor no Inferno."·
Então São Pedro abanando com a cabeca, leva-o de volta ao elevador e ele desce, desce, desce ate o Inferno.
A porta abre-se e ele ve-se no meio de um enorme terreno baldio cheiode lixo e com um cheiro horrivel.·
Ele vê todos os seus amigos com as roupas rasgadas e muito sujas catando o entulho e colocando-o em sacos pretos, repara que por vezes os amigos se pegam a porrada na disputa de pedacos de comida podre.·
O diabo vai ao seu encontro e passa o braco pelo ombro do Primeiro-ministro.
-" Não estou a entender?!", - gagueja o deputado - "Ontem mesmo eu estive aqui e havia um lindo campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nos dancamos e nos divertimos o tempo todo. Agora so vejo esse fim de mundo cheio de lixo mal cheiroso e os meus amigos totalmente arrasados!!!·
O diabo olha pra ele sorri ironicamente e diz:·
-"Ontem estávamos em campanhas
Agora, que conseguimos o seu voto... eis a realidade"·

Essa tem que ser repassada
(nao quebrem a "corrente")·
VAMOS FAZER ESTA MENSAGEM CHEGAR·
AO PARLAMENTO.....·
DISTRIBUA A TODOS OS SEUS CONTACTOS!!!!!"""""

 


Segunda-feira, 29 de Outubro de 2007

FAMILY

CURIOSO MAS VERDADE!

 

Tens consciência que se morresses amanhã, a firma onde trabalhas substituía-te rapidamente.

Mas a família que deixas para trás, sentirá a tua falta para o resto das suas vidas.

Pensando nisto, perdemos mais tempo com o trabalho do que com a Família, um investimento muito pouco sensato, não achas ?

Afinal, qual a moral da história?

 

 

Sabes o que significa FAMILIA em Inglês?

FAMILY = ( F)ATHER ( A )ND ( M)OTHER ( I) ( L )OVE ( Y )OU

'Pai, Mãe, amo-vos'


Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Petiçao

Eu já assinei.

Graças a Deus que há alguém que organiza um voto de protesto contra estas injustiça fiscal.


Está a decorrer na internet uma petição contra a discriminação fiscal dos pais casados e viúvos em sede do IRS.
Senão quiserem assinar pelo menos divulguem-na. Obrigado.

Link : http://www.forumdafamilia.com/peticao/peticao.asp



Petição <http://www.forumdafamilia.com/peticao/peticaoes.asp> contra a discriminação

dos pais casados e viúvos em sede de IRS





Exmo Senhor Presidente da Assembleia da República

Exmo Senhor Primeiro-Ministro

Exmo Senhor Ministro das Finanças



O código do IRS penaliza fortemente os pais casados ou viúvos, ao não permitir que possam deduzir ao seu rendimento o valor de 6.500 Eur por filho, permitindo aos pais com qualquer outro estado civil fazê-lo através da pensão de alimentos, o que é uma inaceitável violação dos artigos 13º, 67º e 104º da Constituição da República Portuguesa, entre outros.



Considerando que:



1 -Sendo certo que o casamento goza de garantia institucional específica na nossa ordem constitucional, é verdade também que nenhum cidadão pode ser discriminado em função do seu estado civil;

2 - Por outro lado, verifica-se que o estado civil vem sendo tornado cada vez menos relevante em uma série de situações da vida, tendo mesmo sido eliminado no novo "Cartão do Cidadão", que visa substituir o Bilhete de Identidade e outros cartões;

3 - A injustiça desta discriminação em sede de IRS foi já reconhecida publicamente pelo actual Ministro das Finanças no programa "Prós e Contras" promovido pela RTP1 no passado dia 6 de Novembro, como pode ser visto em http://www.youtube.com/watch?v=f-e5FtLczYU;

4 - Esta injustiça fiscal produz ainda efeitos sociais gravíssimos na medida em que é geradora de incentivos perversos sobre a estrutura familiar, potenciando a sua instabilidade.

5 - Esta situação afecta cidadãos independentemente da sua ideologia política e simpatia partidária, não tendo sido ainda resolvida pelos governos anteriores, de várias cores políticas, não sendo, portanto, uma questão de ordem ideológica ou político-partidária;

6 - Sendo, actualmente, o número de crianças e jovens filhos de pais casados ou viúvos igual a metade do seu número total, isto é, igual ao número de crianças e jovens de pais com outros estados civis, esta questão pode ser resolvida sem qualquer encargo adicional para o Estado, fazendo com que todos os pais, independentemente do seu estado civil, possam deduzir metade do valor actualmente permitido apenas para os pais não casados ou não viúvos;



Os cidadãos abaixo enumerados reclamam que:



- A partir do próximo Orçamento Geral do Estado, os pais casados ou viúvos possam ter, relativamente aos encargos com filhos, o direito às mesmas deduções no IRS que os pais com outros estados civis.





Esta petição tem o apoio de:

Associação Famílias
Associação Mais Família
Associação Mulheres em Acção<http://www.mulheresemaccao.org/>
Associação Portuguesa de Famílias Numerosas<http://www.apfn.com.pt/>
Centro de Orientação Familiar< http://www.cenofa.org/>

Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Agua Gelada

Importante.....cuidado ao beber água gelada, após as refeições....
>>
>>
>>Os ataques de coração e beber água tépida...
>>
>>** Os Chineses e os Japoneses bebem chá quente com as suas
refeições...não água gelada... talvez seja tempo de adoptarmos os hábitos de bebida
deles enquanto comem!!!
>>
>>** Para aqueles que gostam de beber água gelada ,: este artigo
aplica-se a vós. Sabe bem, beber um copo de água gelada depois de uma refeição.
>>Contudo, a água gelada vai fazer solidificar as componentes oleosas
do que acabaste de comer, isso vai retardar a digestão. Uma vez que esse
'gelo' reaje com o ácido, quebra-se e será absorvido pelo intestino mais
depressa do que os alimentos sólidos. Vai demarcar o intestino.
>>Isto irá em pouco tempo conduzir a gordura e a cancro. É melhor tomar
uma sopa quente ou água tépida depois de uma refeição.
>>
>>** Uma nota importante sobre os ataques de coração: deves saber que
nem todos os sintomas de ataque de coração serão uma dor no braço
esquerdo.
>>Fica atento a uma dor intensa na queixada.
>>
>>** Poderás nunca sentir a primeira dor no peito no decurso de um
ataque de coração. Náuseas e suores intensos são também sintomas comuns. 60%
das pessoas que tiveram um ataque de coração enquanto dormiram já não se levantaram. A dor no peito , pode acordar-te de um sono profundo.
Vamos ser cuidadosos e estar atentos.
>>
>>
>>** Um cardiologista disse que se cada pessoa que receber este mail o enviar a 10 pessoas podes ter a certeza de que salvará pelo menos uma pessoa.
>>
>>Eu já fiz a minha parte!!!!
sinto-me:

Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Idade Media

Ao visitar o Palácio de Versailles, em Paris, observa-se que o sumptuoso palácio não tem banheiros.
Na Idade Média, não existiam escovas de dente, perfumes, desodorizantes, muito menos papel higiénico. As excrescências humanas eram despejadas pelas janelas do palácio.
Em dia de festa, a cozinha do palácio conseguia preparar banquete para 1.500 pessoas, sem a mínima higiene.
Vemos nos filmes de hoje as pessoas sendo abanadas. A explicação não está no calor, mas no mau cheiro que exalavam por debaixo das saias (que eram propositadamente feitas para conter o odor das partes íntimas, já que não havia higiene).
Também não havia o costume de se tomar banho devido ao frio e à quase inexistência de água encanada. O mau cheiro era dissipado pelo abanador. Só os nobres tinham lacaios para abaná-los, para dissipar o mau cheiro que o corpo e boca exalavam, e para espantar os insectos.
Quem já esteve em Versailles admirou os jardins enormes e belos que, na época, não eram só contemplados, mas 'usados' como vaso sanitário nas famosas baladas promovidas pela monarquia, porque não existia banheiro.
Na Idade Média, a maioria dos casamentos ocorria no mês de Junho (para eles, o início do verão).
A razão é simples: o primeiro banho do ano era tomado em Maio; assim, em Junho, o cheiro das pessoas ainda era tolerável. Entretanto, como alguns odores já começavam a incomodar, as noivas carregavam buquês de flores, junto ao corpo, para disfarçar o mau cheiro. Daí termos 'Maio' como o 'mês das noivas' e a explicação da origem do buquê de noiva.

Os banhos eram tomados numa única tina, enorme, cheia de água quente. O chefe da família tinha o privilégio do primeiro banho na água limpa.
Depois, sem trocar a água, vinham os outros homens da casa, por ordem de idade, as mulheres, também por idade e, por fim, as crianças. Os bebés eram os últimos a tomar banho.
Quando chegava a vez deles, a água da tina já estava tão suja que era possível 'perder' um bebé lá dentro.
É por isso que existe a expressão em inglês 'don't throw the baby out with the bath water', ou seja, literalmente 'não jogue o bebé fora junto com a água do banho', que hoje usamos.
Os telhados das casas não tinham forro e as vigas de madeira que os sustentavam eram o melhor lugar para os animais - cães, gatos, ratos e besouros se aquecerem.
Quando chovia, as goteiras forçavam os animais a pularem para o chão.
Assim, a nossa expressão 'está a chover a cântaros' tem o seu equivalente em inglês em 'it's raining cats and dogs' (está chovendo gatos e cachorros).
Aqueles que tinham dinheiro possuíam pratos de estanho. Certos tipos de alimento oxidavam o material, fazendo com que muita gente morresse envenenada.
Lembremo-nos de que os hábitos higiénicos, da época, eram péssimos. Os tomates, sendo ácidos, foram considerados, durante muito tempo, venenosos.
Os copos de estanho eram usados para cerveja ou uísque. Essa combinação, às vezes, deixava o indivíduo 'no chão' (numa espécie de narcolepsia induzida pela mistura da bebida alcoólica com óxido de estanho).
Alguém que passasse pela rua poderia pensar que ele estivesse morto, portanto recolhia o corpo e preparava o enterro. O corpo era então colocado sobre a mesa da cozinha por alguns dias e a família ficava em volta, em vigília, comendo, bebendo e esperando para ver se o morto acordava ou não. Daí surgiu o velório, que é a vigília junto ao caixão.
A Inglaterra é um país pequeno, onde nem sempre havia espaço para se enterrarem todos os mortos. Então os caixões eram abertos, os ossos retirados, postos em ossários, e o túmulo utilizado para outro cadáver.
As vezes, ao abrirem os caixões, percebia-se que havia arranhões nas tampas, Do lado de dentro, o que indicava que aquele morto, na verdade, tinha sido enterrado vivo.
Assim, surgiu a ideia de, ao se fechar o caixão, amarrar uma tira no pulso do defunto, passá-la por um buraco feito no caixão e amarrá-la a um sino.
Após o enterro, alguém ficava de plantão ao lado do túmulo, durante uns dias. Se o indivíduo acordasse, o movimento de seu braço faria o sino tocar. E ele seria 'saved by the bell', ou 'salvo pelo gongo', expressão usada por nós até os dias de hoje.
VIVENDO E APRENDENDO...  
E como eu mantenho essa maxima activa...
sinto-me: curiosa

.

.

. Oração das mulheres resol...

. Atençao

. ASAE

. TÉCNICA DE GESTÃO DO FÓSF...

. Carta de recém casados

. Lista de programas de hac...

. Um pouco de Cultura

. Tolerancia Zero

. Portugal - Lista de novos...

. GLOBALIZAÇÃO

.

 

.

. todas as tags

.

. participe neste blog

.

.links

.subscrever feeds