Sexta-feira, 13 de Julho de 2007

A quem ama-mos!!!

 

Esta história é sobre um soldado que finalmente estava voltando para casa, após a terrível guerra do Vietnã. Ele ligou para seus pais, em São Francisco, e lhes disse:
- Mãe, pai, eu estou voltando para casa, mas, eu tenho um favor a lhes pedir.
- Claro meu filho, peça o que quiser!
- Eu tenho um amigo que eu gostaria de trazer comigo.
- Claro meu filho, nos adoraríamos conhecê-lo!
- Entretanto, há algo que vocês precisam saber. Ele foi ferido na última batalha que participamos. Pisou em uma mina e perdeu um braço e uma perna. O pior é que ele não tem nenhum lugar para onde ir. Por isso, eu quero que ele venha morar conosco.
- Eu sinto muito em ouvir isso filho, nós talvez possamos ajudá-lo a encontrar um lugar onde ele possa morar e viver tranqüilamente!
- Não, eu quero que ele venha morar conosco!
- Filho, disse o pai, você não sabe o que está nos pedindo. Alguém com tanta dificuldade, seria um grande fardo para nós. Temos nossas próprias vidas e não podemos deixar que uma coisa como esta interfira em nosso modo de viver. Acho que você deveria voltar para casa e esquecer este rapaz. Ele encontrará uma maneira de viver por si mesmo.
Neste momento, o filho bateu o telefone. Os pais não ouviram mais nenhuma palavra dele.
Alguns dias depois, no entanto, eles receberam um telefonema da policia de São Francisco.
O filho deles havia morrido depois de ter caído de um prédio. A policia acreditava em suicídio.
Os pais angustiados voaram para São Francisco e foram levados para identificar o corpo do filho.
Eles o reconheceram, mas, para o seu horror, descobriram algo que desconheciam: o filho deles tinha apenas um braço e uma perna.

Reflexão:

Achamos fácil amar aqueles que são bonitos ou divertidos, mas, não gostamos das pessoas que nos incomodam ou nos fazem sentir desconfortáveis.
De preferência, ficamos longe destas e de outras que não são saudáveis, bonitas ou "espertas" como nós acreditamos que somos. Ainda bem que existe alguém que não nos trata assim. Alguém que nos ama com um amor incondicional, que nos acolhe dentro de uma só família.
Esta noite, antes de nos recolhermos, façamos uma pequena prece para que Deus nos dê a força que precisamos para aceitar as pessoas como elas são, e ajudar a todos, a compreender aqueles que são diferentes de nós.
Há um milagre chamado amizade, que mora em nosso coração. Você não sabe como ele acontece ou quando surge. Mas, você sabe que este sentimento especial aflora. Aí você percebe que a amizade é o presente mais precioso de Deus.
Amigos são como jóias raras. Eles fazem você sorrir e lhe encorajam para o sucesso. Eles nos emprestam um ouvido, compartilham uma palavra de incentivo. E estão sempre com o coração aberto para nós.


Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

Porque ninguem ker compromissos!!!

Parece que as prateleiras estão cada vez mais abarrotadas deste "empoeirado produto": 'compromisso'! Virou moda não querer... dispensar... E quem se arrisca a assumir algum, parece ficar um tanto deslocado, sem saber como agir, pra onde ir, com quem falar...
Mas será mesmo que se comprometer é uma opção? Não lhe parece que o compromisso é condição inata? Não estar comprometido com alguém ou alguma coisa já não seria o próprio compromisso assumido?
Ok, vou me explicar! Por mais que se tente afirmar que a liberdade é o oposto do compromisso, isto não passa de uma ilusão, uma tentativa insana de se apegar a uma condição impossível de existir. Estar vivo já é um compromisso. Não se pode ser livre sem - antes - estar comprometido.
Tá... estou falando mesmo de relacionamentos afetivos, mas também da vida de modo geral. Só se vive, só se faz história, só se deixa marcas quando se assume compromissos. O compromisso de crescer é o primeiro. Andar, falar, escrever, ler, fazer amigos, enfim, amadurecer enquanto pessoa.
Depois, os amores, as paixões, as relações. Dentre isso tudo, as decepções, as vitórias, as alegrias e as dores. Tudo isso é vivido como compromisso. Acontece que, de uns tempos para cá, virou moda aderir à comunidade onde a lei é não se comprometer.
As pessoas - e não só os homens - dão-se o direito de fazerem o que quiser, como se isso fosse sinônimo de auto-estima, auto-respeito ou amor-próprio. Não é! Definitivamente, não é nada disso!
Outro dia, ouvi o seguinte: uma mulher conversando com uma amiga. Uma estava contando para a outra que havia reencontrado um ex-namorado, que não via há algum tempo. Ao que a amiga perguntou "e aí, ficaram juntos?". Ela respondeu "não, não... ele está namorando". E sabe o que a amiga respondeu, com a boca cheia e até espantada?!? "E daí?!?"
Gente, espantada fiquei eu. Olha, eu realmente não sou pudica nem muito menos santa, mas peraí! Cadê as referências? Cadê os parâmetros? Cadê os corações? Não estou falando de regras hipócritas, mas de escolhas, de ética, de valores, de compromisso!!!
Parece que estamos enxergando o mundo como uma imensa vitrine de doces. Tem vários, um mais apetitoso que o outro.
Diversas opções.
Difícil escolher, é verdade! E se não bastasse o desejo de comer todos, ainda entramos no conflito de que não queremos engordar; precisamos manter a forma. Daí, acreditamos que dar uma mordida em cada um resolve todas as nossas angústias.
Ou seja, trazendo a metáfora para os relacionamentos, existem muitas pessoas interessantes, que beijam bem, que sabem seduzir e dar prazer... Parece que passamos a acreditar que temos o direito de experimentar todas. Um dia cada uma. E, ao mesmo tempo, não queremos nenhuma. Não assumimos nenhuma.
Sustentamos a falsa impressão de que isso satisfaz muito mais do que escolher apenas um doce, mas sabemos - e sentimos! - a real conseqüência desta imprudência: uma baita dor de estômago e uma "senhora dor de barriga". As sensações de solidão, vazio e incompetência só aumentam.
Não estou sugerindo que todo mundo deva assumir um compromisso agora e nunca mais 'ficar' com ninguém. Não se trata de radicalismos ou extremismos. Sugiro apenas uma reflexão: será mesmo que você não quer comer doce ou será que quer todos?
Sinto muito em dizer, mas ninguém pode ter 'tudo' e o 'nada' também não satisfaz!
Chega o momento em que temos de fazer escolhas, porque são elas que nos permitem amadurecer, evoluir e ser felizes.
Minha sugestão é para que você se comprometa e aponte o doce que realmente quer.
Saboreie-o com calma, sentindo a deliciosa oportunidade de se comprometer com ele.
Entregue-se a esta escolha e usufrua do sabor peculiar e imperdível que pode existir no amor...


Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

O nosso Mundo...

Um mundo de sonhos, em que a realidade é bem distinta, este é o nosso mundo...

A vida as vezes é cruel e mesmo madrasta, restamos os sonhos e sonhar...

Sonhar com a vida eterna com a felicidade, a alegria e o amor, não esquecendo a saúde...

Saudades aqui não entram, aqui mora unicamente a felicidade a vontade de viver...

E nunca esquecer, os momentos em que somos felizes, viver o passado é viver o presente...

A vida não é e nunca será um mar de rosas, mas tudo fazemos para que assim seja...

Vive a vida, luta pelo que desejas, mas sempre da forma correcta... os meios nunca justificam os fins...


Segunda-feira, 21 de Maio de 2007

Os segredos da vida


A vida nos propõe caminhos
e não sabemos quais seguir
são tantos já traçados
são tantos para onde ir

Entre o medo e a insegurança;
entre o sim e não;
Quem nos guiará,
o amor ou a razão?

As incertezas nos cercam,
nos tomam conta as ansiedades,
são dúvidas que nos afligem,
São mentiras e verdades

Basta vivermos cada dia
para aprendermos a lição,
cada um nessa vida
tem que cumprir sua missão

É um fato a ser lembrado,
um segredo a ser escondido,
são planos a serem traçados
e sonhos para serem vividos.

Cláudia às 09:09
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

Qual é o sentido da vida?

Tudo o que vive não vive sozinho, nem para si mesmo.
Dizem que a vida é curta, mas não é verdade. A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades. E essa tal felicidade anda por aí, disfarçada,
como uma criança traqüila brincando de esconde-esconde.
Infelizmente às vezes não percebemos isso e passamos nossa existência colecionando nãos:
a viagem que não fizemos, o presente que não demos, a festa que não fomos,
o amor que não vivemos, o perfume que não sentimos.
A vida é mais emocionante quando se é ator e não espectador; quando se é piloto e não passageiro, pássaro e não paisagem, cavaleiro e não montaria.
E como ela é feita de instantes, não pode nem deve ser medida em anos ou meses,
mas em minutos e segundos. Esta mensagem é um tributo ao tempo.
Tanto àquele tempo que você soube aproveitar no passado quanto àquele tempo que você
não vai desperdiçar no futuro. Porque a vida é agora...
"Não tenha medo do futuro, apenas lute e se esforce ao máximo para que ele seja
do jeito que você sempre desejou"
"A morte não é a maior perda da vida.
A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos."


Domingo, 21 de Janeiro de 2007

Há Momentos...

Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de
alguém que o que mais queremos é tirar esta pessoa
de nossos sonhos e abraçá-la.
Sonhe com aquilo que você quiser.
Vá por onde você queira ir.
Seja o que voce quer ser, porque você possui apenas
uma vida e nela só temos uma chance de fazer aquilo
que queremos.
Tenha felicidade bastante para torná-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer “o melhor“ das oportunidades que
aparecem em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância das
pessoas que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante é baseado num passado
intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida quando perdoar os
erros e as decepções do passado.
A vida é curta, mais as emoções que podemos deixar,
duram uma eternidade.


Cláudia às 07:10
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Janeiro de 2007

Vida


A vida é uma estrada onde só se pode rodar num sentido.
Nao há desvio ou retorno que nos conduza para trás.
Se soubermos aceitar este fato, a vida se torna mais simples e so entao poderemos tirar o melhor proveito do
que temos e do somos.
A vida é muito preciosa, nunca se esqueca disso.
Você tem apenas uma vida e pode até não dar o valor que realmente ela mereça, mas com certeza há pessoas
que dão este valor para a sua vida.
Muitas vezes nossa vida parece um pouco complicada, mas é tudo passageiro...
São barreiras que aparecem para se vencer, e aprender cada vez mais com elas..
Viva para o bem, que o bem será feito há você.

VIVA SUA VIDA COM MUITO AMOR A ELA MESMA!!!

Cláudia às 07:10
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2007

A Vida

 

A gente se acostuma a medir a vida em dias, meses, anos!
Mas será que é mesmo o tempo que mede a nossa vida?
Ou a gente deveria contar a vida pelo número de sorrisos de abraços de conquistas e
amores...
E por que não de fracassos também?
Por que  ao invés de tantos anos a gente não diz tenho 3 amigos, 8 paixões, 4 tristezas, 
 3 grandes amores e dezenas de prazeres?
A gente vai vivendo e, às vezes, se esquece que a vida não é o tempo que a gente
passa nela, mas o que a gente faz enquanto o tempo vai passando, dizem que a
vida é curta.
A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades...
E essa tal felicidade vive aí disfarçada como uma criança traquina, brincando de
esconde- esconde.
Infelizmente, às vezes, não percebemos isso e passamos a nossa existência colecionando 
a viagem que não fizemos...
O presente que não demos...
A festa que não fomos...
A vida é mais emocionante quando se é ator e não espectador...
Quando se é piloto e não passageiro...
Pássaro e não paisagem...
Como ela é feita de instantes, não pode e não deve ser medida em dias ou meses
Mas em minutos ou segundos...
A vida é agora. Viva!!!!

Cláudia às 13:41
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 14 de Janeiro de 2007

Morre lentamente

 

encapuzado.jpg

Morre lentamente quem não viaja, quem não lê,
Quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio.
Quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,
Repetindo todos os dias os mesmos trajectos.
Quem não muda de marca, não se arrisca a vestir,
Uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão,
Quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os "is",
Em detrimento de um redemoinho de emoções
Justamente as que resgatam o brilho dos olhos,
Sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa
Quando está infeliz com o seu trabalho,
Quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
Quem não se permite pelo menos uma vez na vida
Fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente, quem passa os dias
Queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projecto antes de iniciá-lo,
Não pergunta sobre um assunto que desconhece,
Ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves,
Recordando sempre que estar vivo exige um esforço!
Muito maior que o simples facto de respirar.
Somente a perseverança fará com que conquistemos um
Estágio esplêndido de felicidade.


Cláudia às 12:58
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Janeiro de 2007

ALGUMAS DAS MELHORES COISAS DA VIDA:


Se apaixonar.
Rir até sentir o rosto doer.
Um banho quente.
Um supermercado sem filas.
Um olhar especial.
Receber cartas.
Dirigir numa estrada bonita.
Escutar sua música preferida no rádio.
Um banho de espuma.
Uma boa conversa.
A praia.
Achar uma nota de R na sua blusa do inverno passado.
Rir de você mesmo. Rir absolutamente sem razão nenhuma.
Ter alguém pra te dizer que você é bonita.
Rir por alguma coisa que você lembrou.
Os amigos.
Ouvir acidentalmente alguém falar BEM de você.
Acordar e perceber que ainda faltam algumas horas para você dormir.
Fazer novos amigos ou ficar juntos dos velhos.
Conversar a noite com seu colega de quarto.
Alguém brincar com seu cabelo.
Bons sonhos.
Viagens com os amigos.
Ganhar um jogo difícil.
Passar o tempo com os amigos.
Encontrar com o velho amigo e descobrir que tem coisas que nunca mudam.
Descobrir que o amor é eterno e incondicional.
Abraçar a pessoa que você ama.
Ver a expressão de alguém que ganhou um presente que queria muito de
você.
Ver o nascer do sol.
Levantar todo dia e agradecer a Deus por outro lindo dia

Cláudia às 09:50
link do post | comentar | favorito
|

.

.

. A quem ama-mos!!!

. Porque ninguem ker compro...

. O nosso Mundo...

. Os segredos da vida

. Qual é o sentido da vida?

. Há Momentos...

. Vida

. A Vida

. Morre lentamente

. ALGUMAS DAS MELHORES COIS...

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds