Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Para Reflectir...

Há muito tempo atrás, a menina Yang casou-se e foi viver com o marido e a sogra.
Depois de alguns dias, passou a não se entender com a sogra. As
personalidades delas eram muito diferentes, e Yang foi se irritando com os
hábitos da sogra que freqüentemente a criticava. Meses se passaram e Yang e
sua sogra cada vez discutiam e brigavam mais. De acordo com antiga tradição
chinesa, a nora tinha que se curvar para a sogra e a obedecer em tudo.
Yang, já não suportando mais conviver com a sogra, decidiu tomar uma atitude
e foi visitar um amigo de seu pai, que a ouviu e, depois, com um pacote de
ervas lhe disse:
- Você não poderá usá-las de uma só vez para se libertar de sua sogra porque
isso causaria suspeitas. Vou lhe dar várias ervas que irão lentamente
envenenando sua sogra. A cada dois dias ponha um pouco destas ervas na
comida dela. Agora, para ter certeza de que ninguém suspeitará de você
quando ela morrer, você deve ter muito cuidado e agir de forma muito
amigável. Não discuta o que eu digo e ajudarei a resolver seu problema mas
você tem que me escutar e seguir todas as instruções que eu lhe der.
Yang respondeu:
- Sim, Sr. Huang, eu farei tudo o que o que o senhor me pedir.
Yang ficou muito contente, agradeceu ao Sr. Huang e voltou apressada para
casa para começar o projeto de assassinar a sua sogra. Semanas se passaram,
e a cada dois dias Yang servia a comida "especialmente tratada" à sua sogra.
Ela sempre lembrava do que Sr. Huang tinha recomendado sobre evitar
suspeitas, e assim ela controlou o seu temperamento, obedeceu à sogra e a
tratou como se fosse sua própria mãe.
Depois de seis meses a casa inteira estava com outro astral. Yang tinha
controlado o seu temperamento e quase nunca se aborrecia. Nesses seis meses
não tinha tido nenhuma discussão com a sogra, que agora parecia muito mais
amável e mais fácil de lidar. As atitudes da sogra também mudaram e elas
passaram a se tratar como mãe e filha.
Um dia Yang foi novamente procurar o Sr. Huang para pedir-lhe ajuda e disse:
- Querido Sr. Huang, por favor, me ajude a evitar que o veneno mate minha
sogra! Ela se transformou numa mulher agradável e eu a amo como se fosse
minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que eu lhe dei.
O Sr. Huang sorriu, acenou com a cabeça e disse:
- Yang, não precisa se preocupar. As ervas que eu dei eram vitaminas para
melhorar a saúde dela. O veneno estava na sua mente e na sua atitude, mas
foi jogado fora e substituído pelo amor que você passou a dar a ela.
Na China, existe uma regra dourada que diz: "A pessoa que ama os Outros
também será amada."
Na grande parte das vezes recebemos das outras pessoas o que damos a elas, então...

LEMBRE-SE SEMPRE:
O plantio é opcional... A colheita é obrigatória...
Por isso cuidado com o que planta!!!
sinto-me:

Cláudia às 21:32
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

O destino de cada um

Por momentos de plena felicidade em nossa vida.
Momentos esses que nos marcam de uma forma surpreendente e nos transformam, nos comovem, e que também muitas vezes nos machucam profundamente.
As pessoas que entram em nossa vida sempre entram por alguma razão, algum propósito.
Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos essas pessoas.
Assim, tudo o que podemos pensar é que cada um de nós encontra aquilo que é importante para si mesmo.
Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida aparentemente não nos ofereça nada, ela não entrou por acaso, não estará passando por nós apenas por passar.
O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras.
Discutir o que cada um de nós trará não nos mostrará nada e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas.
Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que realmente elas desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida.
A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse vinculo, nós não teremos harmonia.
Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos nossa missão na terra.
“Amar ao próximo como a si mesmo”.
E, para que isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar e depois olhemos para o próximo e enxerguemos nele o nosso reflexo.
Essas pessoas entram em nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até.
Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza elas deixarão alguma coisa para nós.
Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já passaram por você e o que cada uma delas deixou.
Você estará buscando sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos, de momentos que aconteceram na sua vida e que ate hoje interferem em seu caminho.
Aproveite para conquistar uma pessoa a cada dia, dar a elas a sua maior atenção e fazer com que você também seja algo muito importante na vida dessas pessoas.
Quando sentir que alguém é especial para você. Diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém.
Faça hoje tudo que tiver vontade. Abrace seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos.
Dê um sorriso para todos, até mesmo para seu inimigo. Se estiver amando, ame para valer, viva cada minuto desse amor, sem medir esforços. Seja alegre toda as manhãs. Planeje o seu destino!
Sopre aos ventos os seus sonhos: eles irão se espalhar pelos ares e voltar a você em forma de realidade.
Preste bastante atenção em todas as pessoas.
Elas poderão estar trazendo a sua tão esperada felicidade

.

.

. Para Reflectir...

. O destino de cada um

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds