Sábado, 21 de Abril de 2007

Poema Genial

POEMA GENIAL

Não te amo mais.
Estarei mentindo se disser que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
não significas nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...

OBS: Agora lê de baixo para cima.
Pura arte..
sinto-me: Bem Disposto
música: Badshape

Domingo, 17 de Dezembro de 2006

Ai mocidade....

Mocidade

N.Rogero

Ó tu que dentre as flores
Resplandeces em mil amores
Como a rosa na capela.
Rumo certo, caminhante,
Segue sempre confiante,
É um tributo, amiga bela.

Não te esqueças, ó menina,
Mocidade é como a mina
Que se esgota um dia o veio.
Mas  guardando esta riqueza
Da amizade e da pureza,
Não terás nenhum receio.

E se um dia, bem distante,
Tu quiseres, como antes,
Ao passado regressar,
Vendo a flor da mocidade,
Duas lágrimas de saudade
No teu rosto hão de rolar.

                 N.Rogero

sinto-me: Eu ainda sou jovem ,mas....

crisgamboa às 07:00
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

Momentos de Sonhos


Quantos foram os momentos
em que vivemos juntos
em nossos sonhos
entre carinhos
que hoje são apenas folhas
mortas
Um romance no qual houve
Um fim
Que jamais será esquecido
Pois não chegamos
A nos encontrar
E nem nos
Amar
Agora calada e triste
Na obscuridade desta
Vida
Vivo
Abraçando a sua ausência
E sabendo que não mais estará
Ao meu lado
Sinto-o bem perto de mim
Sinto o calor dos seus lábios
O calor de seus abraços
A meiguice de seu
Olhar
O doce encanto de sua voz
Como num sonho de magias
Que me dizias frases lindas
E que hoje não as ouço mais


Cláudia às 08:13
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Novembro de 2006

Viajo...Te encontro!!

 

 

Image Hosted by ImageShack.us

 

O quotidiano é monótono pede, às vezes, evasão.
Na avidez de novos horizontes, de paisagens menos gastas,
viajo...
O sonho areja... tonifica...Não é proibido sonhar
com altas montanhas, com neve de chantily ou areia de açúcar...
Com belos riachos de champanhe peixes multicoloridos.
Mãos que se toquem...Bocas que falem quando se calam...
Olhos que reflectem imagens de amor.
Em sonhos, eu busco o que não ouso na vida real...
Sonhando, sou ilha submersa.
Sonhar é meu lado criança, olhos embebidos
de belas estrelas com as quais eu enfeito meu quotidiano banal
Viajo...pelo céu infinito lá de cima, vejo o mundo
bem mais bonito.
Viajo...Embarco de repente naquele raio de luar
e escorrego por ele fazendo incrível brinquedo
e vou até onde ele possa alcançar...
Sonhando, ele pode até me levar ao jardim encantado
para que eu lá recolha a flor mais bela.
E possa ser conduzida até onde tu estás...
Em ti, minha flor depositar e deixar na tua boca
o gosto do meu amor...

Image Hosted by ImageShack.us
Image Hosted by ImageShack.us


Cláudia às 18:52
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Sonhe com as Estrelas!!!

Image Hosted by ImageShack.us

 

Image Hosted by ImageShack.us

 

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento, ele precisa correr
por toda a parte, ele tem pressa de chegar,
sabe-se lá aonde.
As lágrimas? Elas precisam correr na minha, na sua,
em todas as faces.
O sorriso!
Esse você deve segurar, não deixe ir embora, agarre-o!
Persiga um sonho, mas não o deixe viver sozinho.
Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.
Descubra todos os dias, deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.
Abasteça o seu coração de fé, não a perca nunca.
Alague o seu coração de esperança, mas, não deixe
que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
Circunda-se de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada.

(Fernando Pessoa)

Image Hosted by ImageShack.us


Cláudia às 19:09
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

AS REGRAS DA AMIZADE

Sim, amigo é coisa muito séria. Acho que a gente pode viver sem emprego, sem dinheiro, sem saúde e até sem amor, mas sem amigos, nunca.
Pois o amigo é capaz inclusive de suprir discretamente essas faltas e lhe conseguir trabalho, lhe emprestar dinheiro, lhe tratar na doença.
Só não pode se envolver em assuntos de amor, porque aí deixa de ser amigo; e a maior tolice a que se arrisca a incorrer alguém é misturar amigo com amor.
Amizade e amor são qualidades paralelas na vida de cada um; se conhecem, até se estimam, mas nunca se encontram ou se conquistam.
A primeira lei da boa amizade, creio que é ter poucos amigos. Muitos camaradas, colegas, conhecidos cordiais, mas amigos, poucos.
E, tendo poucos, poder e saber tratá-los.
Jamais criar rivalidade entre os amigos: cada um há de se ter sua área específica, sua zona própria de influência.
Não misturar os amigos uns com os outros.
Não vê que cada amigo, por ser o único em seu território, não precisa sequer conhecer os donos dos outros territórios.
É que, sendo a nossa alma tão variada nas suas exigências, precisamos de amigos de acordo com os diferentes ângulos do nosso coração.
O amigo da comunicação intelectual não pode ser o mesmo da confidência íntima; o velho companheiro de infância não tem nada a ver com o precioso camarada adquirido nos anos da maturidade.
E há razões práticas para não misturar os amigos: lembranças de mocidade passadas na barranca de um rio em Mato Grosso, o seu amigo intelectual talvez não tolere regionalismo e por isso desdenhe intensamente as barrancas de Mato Grosso.
Assim com o futebol, os debates sobre Religião, as intrigas políticas, os negócios, o gosto de recordar os sambas de Noel Rosa.
Insisto, mantenha com rigor cada amigo no seu compartimento.
Respeite seus amigos.Isso é essencial.
Não procure influir neles, governá-los ou corrigi-los. Aceite-os como são.
O lindo da amizade é a gente saber que é querido a despeito de todos os nossos defeitos.
E nisso está outra superioridade da amizade sobre o amor: a amizade conhece as nossas falhas e as tolera e, até mesmo, as encara com condescendência e afeto.
Já o amor é só de extremos e, ou se estrincheira na intolerância, ou se anula na cegueira total.
Amigo entende, agüenta, perdoa, "Amigo é pra essas coisas", como diz aquela cantiga tão bonita.
sinto-me: amiga

crisgamboa às 11:56
link do post | comentar | favorito
|

.

.

. Poema Genial

. Ai mocidade....

. Momentos de Sonhos

. Viajo...Te encontro!!

. Sonhe com as Estrelas!!!

. AS REGRAS DA AMIZADE

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds