Segunda-feira, 20 de Agosto de 2007

Loira Lisboeta

Uma loira boazona estava para se suícidar.

Decidiu que se ia deitar ao Tejo.

Quando estava no cais do ginjal para

cometer o acto, apareceu um marinheiro.

- Vou-me suícidar, a minha vida é uma merda!...

Não!!! Olha... o meu navio está de partida para

a América, porque é que tú não vens comogo

e depois pensas o que fazer? Se entretanto

te quiseres suícidar... pelo menos conheces-te

a  A mérica.

A loira achou a proposta razoàvel e, ele levou-a

para um bote salva vidas, onde iria viajar clandestina;

Ficando o marinheiro de lhe levar de comer e beber

todos os dias à noite até chegaremao destino.

E assim foi já tinham passado duas semanas e, todos

as noite o marinheiro levava comida e àgua e, pelo

meio molhava o pincel .

Um dia um capitão resolveu fazer inspecção ao equipamento

e, descobriram a loira .

Ela mal se viu descoberta resolveu contar a verdade e, lá

disse que o marinheiro lhe levava Àgua e comida todos os dias

e, pelo meio dava uma queca e, que ía ser assim até chegar à América.

Questionando  de seguida o capitão se ainda faltava muito!...

Respode-lhe este :

- Não sei minha senhora este é o cacilheiro que faz a travessia entre

Cacilhas e o terreirodo Paço!

sinto-me:

.

.

. Loira Lisboeta

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds