Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008

Piada Curta

Era uma vez um homem perfeito que conheceu uma mulher perfeita.
Namoraram e um dia casaram-se.
Formavam um casal perfeito.
Numa noite de Natal, ia o casal perfeito, por uma estrada deserta,
quando viram alguém na berma pedindo ajuda.
Como eram pessoas perfeitas, pararam para ajudar.
Essa pessoa era nada mais, nada menos do que o Pai Natal, cujo
trenó havia avariado.
Não querendo deixar milhões de crianças decepcionadas, o casal
perfeito ofereceu-se para o ajudar a distribuir os presentes.
O bom velhinho entrou no carro e lá foram eles.

Infelizmente o carro envolveu-se num acidente e somente um dos três ocupantes sobreviveu.

Pergunta:

Quem foi o sobrevivente do trágico acidente? A mulher perfeita, o homem perfeito ou o Pai Natal?

(leia mais abaixo)
 
 

 

 

 

 

 

 

 


Resposta:

A mulher perfeita sobreviveu.

Na verdade, ela era a única personagem real dessa história.

Todos sabemos que o Pai Natal e o homem perfeito não existem.

Se você é mulher, pode fechar a mensagem, a piada acaba aqui.

(Homens podem continuar lendo mais abaixo)
 

 

 

 

 

 

 

 

 


 


Agora, se o Pai Natal não existe, nem o homem perfeito, fica claro que quem conduzia era a mulher - o que explica o acidente.

E se você é mulher e leu até aqui, fica provada mais uma teoria:

as mulheres são muito curiosas, metem o bedelho onde não são chamadas e são incapazes de seguir instruções.

sinto-me: curiosa
música: ellla y yo

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Discurso

O 1º Ministro português José Sócrates fazia um discurso:
 


- Portuguesas e Portugueses, aproximam-se tempos difíceis. É preciso poupar mais e gastar menos.
- Beija-me,  beija-me - grita uma mulher no meio da multidão.
-Temos que cumprir a meta do défice.
- Beija-me, beija-me - grita a mulher.
- É preciso aumentar os impostos, é preciso trabalhar mais horas.
- Beija-me, beija-me - grita mais uma vez a mulher.
- Os próximos anos vão ser anos difíceis.
- Beija-me, beija-me.
Um homem que estava ao lado da mulher, intrigado, pergunta:
- Então de cada vez que o 1º Ministro fala a sra. grita beija-me, beija-me, porquê?
- É que eu gosto que me beijem enquanto me f......!!!...

sinto-me:
música: Don't Matter

TS às 10:40
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

O menino João - japonês - .

 

 


 
No primeiro dia de aula, numa escola secundária dos EUA,  a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki, vindo doJapão.
 
A aula começa e a professora:
Vamos ver quem conhece a história americana.
Quem disse: 'Dê-me a liberdade ou a morte?
 
Silêncio total na sala.
Apenas Suzuki levanta a mão:- Patrick Henry em 1775, em  Filadélfia.
 
Muito bem, Suzuki !
E quem disse: O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se ?
 
Suzuki: - Abraham Lincoln, em 1863, em Washington.
 
A professora olha os alunos e diz:
Não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana
que vocês!
 
Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo: japonês filho da puta!
 
Quem foi? - grita a professora.
Suzuki levanta a mão e, sem esperar, responde:
General McArthur, em 1941, em Pearl Halbour.
 
A turma fica super silenciosa... apenas ouve-se do fundo da sala:
- Acho que vou vomitar.
 
A professora grita: - Quem foi?
E Suzuki:
 - George Bush Sênior, ao Primeiro-Ministro Tanaka, durante  um almoço em Tókio, em 1991.
 
Um dos alunos, já furioso : -Chupa o meu pau!
 
E a professora, irritada:
Acabou-se! Quem foi agora?
 
E Suzuki, sem hesitações: - Bill Clinton à Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, em 1997.
 
Um  outro aluno lança lá do  fundo: - Suzuki de merda!
 
E Suzuki responde: - Valentino Rossi, no Grande Prêmio de Moto de velocidade, no Rio de Janeiro, em 2002.
 
A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta se abre e entra o diretor, que diz:
 
Que merda é essa? Nunca vi uma confusão deste tamanho!
 
E Suzuki, bem alto:
 
Mariano Gago para José Socrates em 2007, após ter recebido relatório dainspecção feita à UNI

sinto-me:
música: classic

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Numa Barbearia Em Londres

 

 

 
Um dia, um florista foi lá cortar o cabelo.
Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O florista ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de flores e um cartão que dizia 'Obrigado'.


Noutro dia, um polícia foi lá cortar o cabelo.
 Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O polícia ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de donuts e um cartão que dizia 'Obrigado'.

 
Um dia depois, um português foi lá cortar o cabelo.
 Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O português ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja... adivinha o que o barbeiro encontrou à porta ... 

 
Vá lá ... adivinha !!!

 
 
 
 
 
 
Vá ! Pensa como um português ... !!!

 
 
 
 
 
 

O barbeiro encontrou...

 

 

 

 

 

Uma dúzia de portugueses à espera para cortar o cabelo !!!

 

sinto-me: intrusa
música: Anti-heroi

TS às 10:10
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Julho de 2008

Tulipa Roxa

O Zé namorava Maria, há 5 anos.

 

  Uma moreninha, de corpo escultural,

 


bundinha perfeita,

 


peitinho durinho e

 


olhar para cima...

 

Simplesmente,

as medidas de uma

Deusa grega.

Só havia um problema para
José:

até hoje

Maria não tinha liberado

nada mais

que uns amassos.

Um dia,

os dois a rolar pelo sofá,

pega aqui, pega ali,

mão naquilo, aquilo na mão, etc.,

José começou a tirar

a blusinha de Maria,

abriu sua calça e

quando achou que

 


finalmente ia rolar,

Maria cortou o barato,

falando:

José,

eu sou moça de família.

 


Só vou transar com você

depois de casar.

Quando acontecer,

até tulipa roxa

eu farei com você.

Sem entender

o que era 'tulipa roxa'

José levantou-se e
saiu.

Foi à casa de Joana,

uma loirinha que

era um caso antigo dele,

daquelas que liberava geral.

Ao chegar,

José não pensou duas vezes e

foi logo para cima de Joana.

Rola prá cá, rola prá lá,

depois de várias posições,

ele não pensou mais e disse:
- Joana,

não acha

que já estamos

sem muitas idéias,

para nossas transas?

 


- Também acho, Morzinho.

 


- Então, quem sabe

você poderia fazer uma tulipa roxa?

 


Joana ficou branca e logo gritou:

 


- QUEM VOCÊ PENSA QUE SOU?

POSSO SER SUA AMANTE,

FAZER TODO TIPO DE SACANAGEM,

 


MAS VOCÊ ESTA ACHANDO

QUE SOU DESSAS

QUE FAZEM TULIPA ROXA?! -


A MOÇA ENFIOU A MÃO

NA CARA DO COITADO!


- FORA DAQUI, JÁ!!


Jogou tudo o que tinha

em cima de José,

que não teve alternativa

a não ser sair correndo,

com as calças na mão.

 


No dia seguinte,

José foi para o trabalho,

mas não parava de pensar

como deveria ser

a tal 'TULIPA ROXA'.

 


Claro que não perguntou

para nenhum amigo,

pois não queria passar vergonha.

 


A solução seria

uma visita ao puteiro local

(tipo Café Monique).

Para lá se dirigiu, à noite.

 


Depois de beber umas e outras,

sentiu-se preparado e

chamou uma das 'garotas',

linda, de parar o trânsito.

Quando foi para o quarto

foi logo perguntando:

 


- Você faz realmente tudo?

 


- Claro. Estou aqui pra isso, fofinho.

 


- Qualquer coisa, mesmo?

 


- Sendo franca: estou aqui

para ganhar dinheiro

e faço tudo o que for preciso:

anal, oral, o que você quiser.

 


- Então vamos começar logo

com a tulipa roxa?

 


Sem pensar,

a garota tascou

um tremendo tapa

na cara de José

e foi gritando:

 


- SEU SEM VERGONHA.

SOU GAROTA DE PROGRAMA,

MAS NÃO SOU QUALQUER UMA.

QUEM VOCÊ PENSA QUE

 


EU SOU?!!!

A VAGABUNDA ENFIOU A MÃO NA

 


CARA DO COITADO, DE NOVO!


Enquanto fora do quarto

todo o mundo escutava seus berros.

Sem entender

o que estava acontecendo,

o 'segurança' (vamos ser francos, o

 


cafetão do local)

invade o quarto, irritado, pergunta:

 


- Senhor, o que está acontecendo aqui?

 


- Meu caro, eu só perguntei

se ela fazia de tudo. - respondeu José.

 


- Ora, aqui todas fazem de tudo.

Não estou entendendo. - disse o cafetão.

 


- Mas, quando eu pedi

para ela fazer tulipa roxa

ela enlouqueceu.....

 


Sem deixar José concluir a frase

o cafetão saca o revólver

e vai berrando:

 


-AQUI É UM PUTEIRO DE RESPEITO,

MINHAS MENINAS

NÃO SÃO DESSE TIPO.

 


SAIA DAQUI,

SEU FILHO-DA-MÃE,

ORDINÁRIO,

SENÃO TE FURO O RABO!!!


E José,

novamente sem ter escolha,

saiu correndo

e foi para a casa de Maria.

 


Ao chegar, falou:

 


- Maria,

case comigo,

agora, por favor.

Afinal,

José não aguentava mais

não saber

o que era a tulipa roxa...
Dois dias depois,

 

 

casaram-se e

foram para a lua de mel.

 


José, esperançoso.

Mas,

no caminho da lua de mel,

sofreram um acidente.

 


Maria morreu.

Até hoje,

José chora..

Não de saudade,

e sim de raiva,

pois não conseguiu descobrir

o que é tulipa roxa.

 


E a gente, também,

vai ficar com raiva.

Afinal,

Se José não descobriu

o que é tulipa roxa,

muito menos eu,

que só recebi esta mensagem

de um filho-da-mãe

que também não sabia,

e perdi um tempão,

lendo a porra

deste e-mail

e não descobri

o que é essa merda de

tulipa roxa.


Então pensei:

'Por que não

dividir a frustração

com vocês,

que são meus amigos,

né' ?!?


Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

...

Antes de mais solta o riso e depois se te apetecer reflectir sobre o significado de tanta "intelectualidade" força ... !!!

 


 

 

 

 


 
 
*O metro é a décima milionésima parte de um quarto do meridiano terrestre e para o cálculo dar certo arredondaram a Terra! *

*O cérebro humano tem dois lados, um para vigiar o outro.*

*O cérebro tem uma capacidade tão grande que hoje em dia, praticamente, toda a gente tem um.*

*Quando o olho vê, não sabe o que está a ver, então ele amanda uma foto eléctrica para o cérebro que lhe explica o que está a ver.*

*O nosso sangue divide-se em glóbulos brancos, glóbulos vermelhose até verdes! *

*Nas olimpíadas a competição é tanta que só cinco atletas chegam entre os dez primeiros.*

*O piloto que atravessa a barreira do som nem percebe, porque não ouve mais nada.*

*O teste do carbono 14 permite-nos saber se antigamente alguém morreu.*

*Antes mesmo da guerra a Mercedes já fabricava Volkswagen

*Pedofilia é o nome que se dá ao estudo dos pêlos.*

*O pai de D. Pedro II era D. Pedro I, e de D. Pedro I era D. Pedro 0*

*Nos aviões, os passageiros da primeira classe sofrem menos acidentes que os da classe económica.*

*O índice de fecundidade deve ser igual a 2 para garantir a reprodução das espécies, pois precisa-se de um macho e uma fêmea para fazer o bebé. Podem até ser 3 ou 4, mas chegam 2.*

*O homossexualismo, ao contrário do que todos imaginam, não é uma doença,mas ninguém quer tê-la. *

*Em 2020 a caixa de previdência já não tem dinheiro para pagar aos reformados, graças à quantidade de velhos que não querem morrer.*

*O verme conhecido como solitária é um molusco que mora no interior, mas que está muito sozinho.*

*Na segunda guerra mundial toda a Europa foi vítima da barbie (queria dizer, decerto, barbárie) nasista.*

*Cada vez mais as pessoas querem conhecer a sua família através da árvore ginecológica.*

*O hipopótamo comanda o sistema digestivo e o hipotálamo é um bicho muito perigoso.*

*A Terra vira-se nela mesma, e esse difícil movimento chama-se arrotação.*

*Lenini e Stalone eram grandes figuras do comunismo na Rússia.*

*Uma tonelada pesa pelo menos 100Kg de chumbo.*

*Quando os egípcios viam a morte a chegar, disfarçavam-se de múmia.*

*Uma linha recta deixa de ser recta quando encontra uma curva.*

*O aço é um metal muito mais resistente do que a madeira.*

*O porco é assim chamado porque é nojento.*

*A fundação do Titanic serve para mostrar a agressividade dos ice-bergs.*

*Para fazer uma divisão basta multiplicar subtraindo.*

*A água tem uma cor inodora.*

*O telescópio é um tubo que nos permite ver televisão de muito longe.*

*O Marechal António Spínola é conhecido principalmente por estar no dicionário.*

*A idade da pedra começa com a invenção do Bronze.*

*O sul foi posto debaixo do norte por ser mais cómodo.*

*Os rios podem escolher desembocar no mar ou na montanha.*

*A luta greco-romana causou a guerra entre esses dois países.*

*Os escravos dos romanos eram fabricados em África, mas não eram de boa qualidade.*

*O tabaco é uma planta carnívora que se alimenta de pulmões.*

*Na Idade Média os tractores eram puxados por bois, pois não tinham gasolina.*

*A baleia é um peixe mamífero encontrado em abundância nos nossos rios.*

*Quando dois átomos se encontram, vai dar uma grande merda. *

*Princípio de Arquimedes: qualquer corpo mergulhado na água, sai completamente molhado. *

*Newton foi um grande ginecologista e obstetra europeu que regulamentou a
lei da gravidez e estudou os ciclos de Ogino-Knaus. *

*Pergunta: Em quantas partes se divide a cabeça?
Resposta: Depende da força da cacetada. *

*A trompa de Eustáquio é um instrumento musical de sopro, inventado pelo
grande músico belga Eustáquio, de Bruxelas. *

*Parasitismo é o facto de um gajo não trabalhar e viver à 'pala' dos outros,  de dinheiro, cigarros e outros bens imateriais. *

*Ecologia é o estudo dos ecos, isto é, da ida e vinda dos sons.*

*A Biologia é o estudo da saúde. E para beneficiar a saúde é que foi inventado o biotónico.*

*As constelações servem para clareficar a noite.*

*Ao princípio os índios eram muito atrasados mas com o tempo
foram-se sifilizando.*

*O Convento dos Capuchos foi construído no céculo 16 mas só no céculo 17 foi levado definitivamente para o alto do monte.*

*A História divide-se em 4: Antiga, Média, Momentânea e Futura,a mais estudada hoje*

*A Bigamia era uma espécie de carroça dos gladiadores, puchada por dois cavalos.*

*As aves teem na boca um dente chamado bico.*

*A Terra é um dos planetas mais conhecidos e habitados do mundo.*
 
E ainda uma de uma aluna minha este ano:
 
? A Latitude é um circo que passa por o Equador, dos zero aos 90º?
 
*Caudal de um rio, é quando um rio vai andando e deixa um bocadinho para trás!!!
 
...sendo assim, teremos no futuro uma sociedade mais evoluída, vê-se e constata-se que as gerações dos cotas, as dos livros e dos bailaricos de bairro...etc, não se compara nem chega aos calcanhares da geração dos computadores e dos festivais da Zambujeira...., vamos e chegaremos longe com esta juventude, ... vamos ter fé que isto é apenas um mau sonho e que irá melhorar para o futuro.

sinto-me:

Segunda-feira, 19 de Maio de 2008

Almoço de segunda

 


TS às 11:50
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Etiqueta Obrigatoria

 

sinto-me:

Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Carta a Deus

Clique em mim!
 
 
    CARTA A DEUS (imperdivel)


Um rapazinho de 8 anos queria ganhar 100 euros e rezou durante duas semanas
para Deus. Como nada acontecia, ele resolveu mandar uma carta para o
Todo-Poderoso com o  seu pedido. Os CTT receberam uma carta endereçada para
'Deus-Portugal' e resolveram entregá-la ao Primeiro Ministro. O Ministro
José Sócrates ficou muito comovido com o pedido e resolveu mandar uma nota
de 10 euros para o garotinho, pois achou que 100 euros era muito dinheiro
para uma criança tão pequena. O rapazinho recebeu os 10 euros e
imediatamente
sentou-se para escrever uma carta de agradecimento:-'Querido Deus: Muito
obrigado por me mandar o dinheiro que eu pedi. Contudo, notei que por
alguma razão, o Senhor mandou-o através do Ministro José Sócrates e, como
sempre, aquele filho da p... ficou  com 90%, do que era meu!'   Clique em mim!  
sinto-me:

TS às 14:18
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Vocabulo Versatil

Merda…
Chega-se à conclusão que "merda " deve ser a palavra mais
versátil da língua portuguesa !!!!
O uso do vocábulo merda é uma questão de educação.
Ninguém pode negar que o utilizamos para múltiplas
circunstâncias, relacionadas com muitíssimas coisas. Por
exemplo:
Orientação geográfica:
- Vai à merda!

Adjectivo qualificativo:
- Tu és uma merda!

Momento de cepticismo:
- Não acredito nesta merda !!!

Desejo de vingança:
- Vou fazê-lo em merda !!!

Acidente:
- Já fizeste merda !

Efeito visual:
- Não se vê merda nenhuma !!!

Sensação olfactiva:
- Cheira a merda...

Dúvida na despedida:
- Por que não vais à merda ?

Especulação de conhecimento:
- Que merda será isto ?

Momento de surpresa:
- Merda !!!

Sensação degustativa:
- Isto sabe a merda !

Desejo de ânimo:
- Rápido com essa merda !!!

Situação de desordem:
- Isto está uma merda !!!

Rejeição, despeito:
- O que é que esse merdas pensa ?

Para descobrir o paradeiro de qualquer coisa:
- Não sei onde foi parar aquela merda...

Interjeição comum:
- Que merda !!!

Crise das 17h30:
- Vou-me embora desta merda !!!
sinto-me: enjoada

TS às 11:15
link do post | comentar | favorito
|

.

.

. Piada Curta

. Discurso

. O menino João - japonês ...

. Numa Barbearia Em Londres

. Tulipa Roxa

. ...

. Almoço de segunda

. Etiqueta Obrigatoria

. Carta a Deus

. Vocabulo Versatil

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds