Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

Quando Julgamos

O que julgamos ser óbvio

Quase nunca o é em verdade.

O que julgamos ser verdade

Quase nunca o é em absoluto.

O que julgamos ser absoluto

Quase nunca o é para sempre.

O que julgamos ser para sempre

Quase nunca vai além do amanhã.

O que julgamos ser até amanhã

Quase nunca chega até lá de fato.

Quando julgamos,
quase sempre o fazemos com nossos sentimentos
e sem ter o conhecimento de todo o contexto,
nos falta compreender o que seja a transitoriedade da vida,
por isso, na grande maioria das vezes erramos.

sinto-me: O melhor.... É nao julgar
música: unbreak my heart

crisgamboa às 07:00
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De AVO RUI a 21 de Dezembro de 2006 às 11:17
E maravilhoso poder ter voçes as 3 como amigas especias que compartilhamos ja alguns bons momentos com voçes queria desejar que este Natal seja de muita paz saude e felicidade e o que eu vos desejo e tambem a todos aqueles que visitam o vosso blog que tenham um
FELIZ NATAL


Comentar post

.

.

. Oração das mulheres resol...

. Sua Amizade è Muito Valid...

. Atendimento ao cliente

. tente fazer alguem feliz

. Sua amizade para mim....

. certas pessoas....

. Piada Curta

. Discurso

. O menino João - japonês ...

. Numa Barbearia Em Londres

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds