Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Numa Barbearia Em Londres

 

 

 
Um dia, um florista foi lá cortar o cabelo.
Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O florista ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de flores e um cartão que dizia 'Obrigado'.


Noutro dia, um polícia foi lá cortar o cabelo.
 Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O polícia ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja o barbeiro encontrou uma dúzia de donuts e um cartão que dizia 'Obrigado'.

 
Um dia depois, um português foi lá cortar o cabelo.
 Depois do corte, quando ia pagar o barbeiro diz:
- 'Lamento, mas não posso aceitar o seu dinheiro. O que fiz foi um serviço à comunidade.'
O português ficou satisfeito e foi-se embora.
Na manhã seguinte, ao chegar à loja... adivinha o que o barbeiro encontrou à porta ... 

 
Vá lá ... adivinha !!!

 
 
 
 
 
 
Vá ! Pensa como um português ... !!!

 
 
 
 
 
 

O barbeiro encontrou...

 

 

 

 

 

Uma dúzia de portugueses à espera para cortar o cabelo !!!

 

sinto-me: intrusa
música: Anti-heroi

TS às 10:10
link do post | comentar | favorito
|

.

.

. Oração das mulheres resol...

. Sua Amizade è Muito Valid...

. Atendimento ao cliente

. tente fazer alguem feliz

. Sua amizade para mim....

. certas pessoas....

. Piada Curta

. Discurso

. O menino João - japonês ...

. Numa Barbearia Em Londres

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds