Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Tarde Demais

ESTE TEXTO FOI-ME ENVIADO POR UMA AMIGA E COMO ELA DISSE E MUITO BEM, ESTE É DAQUELES QUE TEM DE SER REENVIADO, OBRIGADO A TODOS PELAS COISAS MARAVILHOSAS QUE ME ENVIAM E QUE NOS FAZEM TANTA VEZ PENSAR, NAQUILO QUE TODOS OS DIAS PASSAM A NOSSO LADO E QUE NEM SEQUER REPARAMOS NELAS.

ESPERO QUE GOSTEM.

UM BEIJO

( da Minha Amiga)


>
>
> ILUSÃO DE AMOR
>
>
>
> ELE: Estou?
>
> ELA: Olá.
>
> ELE: Quem é?
>
> ELA: Sou eu, a felicidade iludida.
>
> ELE: O que é que tu queres?
>
> ELA: Dizer que te amo.
>
> ELE: OUTRA VEZ? Eu já ouvi isso 15 vezes. Não te cansas?
>
> ELA: Quem ama não cansa...
>
> ELE: Mas eu canso... Eu não te amo!
>
> ELA: O que?
> ELE: é isso mesmo, eu iludo e por isso me chamo ilusão do amor.
>
>
>
> Neste exacto momento uma lágrima corre na minha face...
>
>
>
> ELA: Como podes dizer isso?
>
> ELE: Dizendo que não te amo. Não devo nada a ninguém.
>
> ELA: não deves nada?
>
> ELE: é claro que n
>
> ELA: Deves sim. O teu amor.
>
> ELE: Que amor?
>
> ELA: Tu fazes-me voar tão alto e agora dizes que não me amas?
>
> ELE: Deves estar a ficar louca!
>
>
>
> E as lágrimas insistentemente não paravam de cair...
>
>
>
> ELA: Estou mesmo louca...acreditei em ti!
>
> ELE: Tu sabias que era só amizade, nao?
>
> ELA: Claro que nao... Disseste tantas coisas... E ainda me deste um beijo!
>
> ELE: Um beijo? Aquilo nem foi beijo...
>
> ELA: não foi? Então o que foi?
>
> ELE: ok... Foi um beijo sem significado.
>
> ELA: Ah e um beijo sem significado deixa de ser beijo?
>
> ELE: não.
>
> ELA: Quer dizer, eu nao significo nada para ti?
>
> ELE: Significas...
>
> ELA: O que?
>
> ELE: Uma grande conta de telefone no final do mes. Agora vou desligar.
>
> ELA: NAO... Por favor!
>
> ELE: Porque?
>
> ELA: Porque eu te amo...
>
> ELE: Qual o valor que o teu amor me vai dar?
>
> ELA: Felicidade.
>
> ELE: Eu quero coisas materiais...
>
> ELA: Eu vou ser tua...
>
> ELE: Isso nao vale... Quanto é que tu vales?
>
> ELA: Porque esta pergunta?
>
> ELE: Se eu enjoar de ti posso-te empenhar?
>
> ELA: O que é que eu fiz para me tratares assim?
>
> ELE: Amar-me! Agora vou desligar!
>
> ELA: NAO, por favor!!!
>
> ELE: Queres parar com isto? TOU FARTO!
>
> ELA: não... por favor, nao desligues.
>
> ELE: ...
>
> ELA: Fala comigo...
>
> ELE: ...
>
> ELA: Por amor de Deus, diz que me amas!
>
> ELE: OUVE... eu já estou farto de ti. Agora vê se me esqueces.
>
> ELA: Eu prefiro morrer do que te esquecer.
>
> ELE: Ai é? Então mata-te!
>
> (Ele desliga.)
>
>
>
> ELA: não... por favor... Não me facas isto, eu amo-te.
>
>
>
> ALGUNS DIAS DEPOIS...
>
>
>
> - Do que morreu esta rapariga? - Perguntam
>
> - De intoxicação. - Responde a enfermeira.
>
> - Coitada... ela tinha algum problema? - Perguntam
>
> - Sim, sofria de amor... - Responde a enfermeira.
>
>
>
> E então, no dia do funeral o rapaz de que a rapariga gostava apareceu no local prestando a sua última homenagem e lançou uma rosa vermelha e disse baixinho:
>
>
>
> - Amo-te!
>
>
>
> Ela lá de cima a ver tudo, respondeu bem alto:
>
>
> TARDE DEMAIS
>

sinto-me:

TS às 09:22
link do post | comentar | favorito
|

.

.

. Oração das mulheres resol...

. Sua Amizade è Muito Valid...

. Atendimento ao cliente

. tente fazer alguem feliz

. Sua amizade para mim....

. certas pessoas....

. Piada Curta

. Discurso

. O menino João - japonês ...

. Numa Barbearia Em Londres

.

 

.

. todas as tags

Divulgue seu blog!
Informe o código: 210
Faça pontos, ganhe brindes

.

. participe neste blog

Hospedagem de Sites
Contador de visitas grátis
Estou no Blog.com.pt

.

Divulgue o seu blog!

.links

.subscrever feeds